Os investidores estão pessimista com o Dólar entenda o porquê

O Mercado está acreditando que o dólar cairá   drasticamente no próximo ano em relação ao seu concorrente euro se levar em conta os níveis vistos a mais de uma década.

dolar-dolar-cambio-real-estados-unidos-bolsa-de-valores-mercado-min

Os indícios de fraqueza seria as movimentações muito fortes  “é o início de um movimento muito grande” que poderá prejudicar a maioria dos investidores  expostos ao dólar por meio de suas alocações em ações e títulos dos Estados Unidos, disse Lindahl.

Wall Street está  com frequentes  previsões de queda para a divisa, mesmo que  poucas sejam tão radicais quanto a de Lindahl.

Um dos índices da  moeda norte-americana comparado com uma cesta de moedas está próximo de suas mínimas em 27 meses e recua cerca de 11% em relação às máximas de 2020, com Goldman Sachs, UBS e Société Générale entre os bancos prevendo mais perdas.

As apostas de fundos hedge contra o dólar nos mercados futuros estão em seus maiores níveis em cerca de uma década, de acordo com dados da CFTC agência que regula mercados de futuros e opções nos EUA, enquanto 36% dos gestores de fundos consultados em recente pesquisa do Bank of America Global Research apontaram a venda do dólar como seu principal trade cambial para a segunda metade do ano.

Acertar a cotação do dólar é fundamental para investidores, já que a trajetória da divisa influencia tudo desde lucros corporativos até preços de matérias-primas, como petróleo e ouro.

O estudo de Lindahl divide as oscilações do dólar ao longo das décadas em ciclos de 15 anos em que a moeda enfraquece acentuadamente em relação ao euro, antes de recuperar a maior parte das perdas.

Embora a queda da divisa dos EUA tenha desacelerado nas últimas semanas, é “realmente uma oportunidade de sair do dólar”, disse ele.

Grande parte dos investidores pessimistas no dólar prevê que o ativo se desvalorize com base nas perspectivas de crescimento econômico mais forte fora dos Estados Unidos, nas taxas de juros norte-americanas mais baixas e nas preocupações de que os programas para aliviar as consequências econômicas da pandemia de coronavírus estão inflando déficits fiscais.

Aliado a isso a política estados unidos continua volátil e não sabendo quem vai ganhar pode ocorrer uma grande reviravolta

0/5 (0 Reviews)