Pesquisa aponta que a covid-19 pode ser mais disseminada em Crianças

A principio foi feita uma pesquisa pela  Escola Médica Universidade de Harvard (EUA),essa pesquisa mostra que as crianças sao o grupo mais infeccioso do covid-19.

Isso acende um alerta a toda população devido a vola as aulas deste grupo previsto para entre outubro   e Novembro.

O estudo, foi  publicado na revista Journal of Pediatrics, apontou o quão infecciosas as crianças, mesmo aquelas sem sintomas, podem ser.

[wp-embedder-pack width="100%" height="400px" download="all" download-text="Dowload" attachment_id="6599″ /]

 

 “Ao contrário do que acreditávamos, com base nos dados epidemiológicos, as crianças não são poupadas desta pandemia",

disse Alessio Fasano,o diretor do Centro de Pesquisa de Biologia e Imunologia do Hospital Geral de Massachusetts .

Esta pesquisa teve a participação de 192 pacientes com idades de 0 a 22 anos que estavam na emergencia com suspeita do covid-19.

sendo destas 1/4 ou seja 49 pessoas infectadas , ja outras 18 com síndrome inflamatória multissistêmica.

sendo esta relacionada ao covid.

Descobriram que as crianças infectadas tinham um nível  mais alto de vírus nas vias aéreas – onde isso fazia com que aumenta se a transmissão – do que os adultos hospitalizados em UTI para tratamento da covid-19.

Os altos níveis virais foram encontrados em bebês e adultos jovens, embora a maioria dos participantes tivesse entre 11 e 17 anos.

Esse estudo fez uma pequena critica a outros estudiosos devido analisar a evolução epidemiológica da pandemia sob a perspectiva sintomática da doença. 

Alem disso fez uma grande critica a Deixar a volta as aulas pois se acaso ocorrer uma ploriferacao causara um caos mundial.

 

0/5 (0 Reviews)